História da Arena Castelão

Arena Castelão

 

O Estádio Governador Plácido Castelo, também conhecido como Arena Castelão, ou simplesmente Castelão, é um estádio de futebol brasileiro localizado em Fortaleza, Ceará, e inaugurado em 1973.

Sua capacidade atual é de até 63.903 espectadores. Está entre os 60 maiores estádios do mundo, é o quarto maior do Brasil e o maior do Norte/Nordeste. É o primeiro estádio da América do Sul a obter a certificação ambiental Leed.

O estádio foi reformado em 2002, e totalmente remodelado em 2012, em decorrência da Copa do Mundo FIFA de 2014, evento do qual foi uma das sedes, recebendo seis jogos, entre eles um jogo das oitavas de final, um das quartas de final e dois jogos da Seleção Brasileira.

Já foi palco de grandes eventos esportivos e culturais, como jogos da Seleção Brasileira e a recepção ao Papa João Paulo II em 1980, em sua passagem pela capital do estado. Entre competições nacionais de futebol, foi sede das finais do Campeonato Brasileiro Série B de 2002, da Copa dos Campeões de 2002, da Copa do Brasil de 1994 e da Copa do Nordeste de 2014 e de 2015.

Em 2013, foi uma das sedes da Copa das Confederações; em 2014, recebeu jogos da Copa do Mundo e, em 2016, foi um dos centros de treinamento para os Olimpíadas de 2016 como parte integrante do Centro de Formação Olímpica do Nordeste, um dos maiores centros de formação esportiva de alto nível do país.

Arena Castelão

Construção Castelão

Aderaldo Castelo, antigo governador do estado do Ceará, foi o responsável por dar início à construção de um estádio olímpico em Fortaleza. Em 1968, foi criada a Federação de Assistência Desportiva do Estado do Ceará (FADEC), para coordenar os trabalhos. O governador Aderaldo Castelo queria que o estádio fosse erguido no bairro do Alagadiço, na zona oeste de Fortaleza.

Os altos custos para fazer as desapropriações inviabilizaram a ideia. Outras áreas da cidade foram estudadas nos bairros do Pici e do Itaperi. Finalmente, uma área de 25 hectares que pertencia à Santa Casa de Misericórdia de Fortaleza foi comprada por Cr$ 400.000,00 – quatrocentos mil cruzeiros – na época.

Inauguração Castelão Fortaleza

O estádio foi inaugurado em 11 de novembro de 1973, pelo então Governador César Cals de Oliveira Filho. Um público calculado de 70.000 pessoas assistiu à partida inaugural entre Ceará e Fortaleza. O chamado Clássico-Rei terminou com o placar em 0 a 0.

À época de inauguração, o estádio possuía somente dois lances de arquibancada, sem os setores atrás dos gols, ainda a serem completados. O ex-governador Plácido Castelo e o Governador César Cals recepcionaram autoridades do mundo político e esportivo, destacando-se o presidente da extinta CBD, Sílvio Pacheco, além do craque Leônidas da Silva, o “Diamante Negro”.

Estádio Castelão Reforma

O Castelão foi um dos estádios brasileiros eleitos para sediar os jogos da Copa de 2014, no Brasil. O projeto de reforma, de autoria do arquiteto e urbanista Héctor Vigliecca, fundador do escritório Vigliecca & Associados, transformou o estádio em uma arena multiúso, moderna e autossustentável.

Reforçando o conceito de arena – historicamente estádios em que o público fica próximo aos jogadores –, o campo foi rebaixado e a arquibancada inferior avançou 30 m. A distância entre público e jogadores é atualmente de 10 m.

A cobertura contempla toda a extensão das arquibancadas, proporcionando conforto térmico e ventilação adequados. De qualquer ponto do estádio, é possível ter a visão completa do campo. No projeto, optou-se por preservar 70% das arquibancadas superiores. Apenas o equivalente a 1/5 do estádio foi implodido. A operação recebeu o prêmio de precisão em engenharia World Demolition Awards. Todas as funções de alta complexidade foram concentradas nesse novo módulo, que corresponde às áreas que exigem maior tecnologia, como camarotes, salas de imprensa, salas VIP, vestiários, sala de controle, zona mista, lounges e restaurantes.

A nova arena foi reinaugurada em 16 de dezembro de 2012, contando, também, com cinemas e restaurantes. O estádio foi fechado oficialmente no dia 31 de março de 2011 para a reforma visando a Copa do Mundo de 2014. O último jogo antes do fechamento foi válido pela Copa do Brasil de 2011, quando o Ceará levou 35 mil torcedores contra o Brasiliense. Em um levantamento feito pela revista Veja, o Castelão foi classificado como o “único estádio cujo ritmo da execução orçamentária está adequado”.

No total, foram investidos R$ 518,6 milhões. A arena ganhou um estacionamento subterrâneo com 4.200 vagas e, no lugar dos estacionamentos externos, foi criada uma esplanada com 78.850 metros quadrados, que funciona como acesso do público ao estádio e área para instalações provisórias. A capacidade do estádio foi ampliada de 60.326 para 63.903. Após a reforma, foi o primeiro estádio da América do Sul a obter a certificação ambiental Leed.

O valor inclui ainda a operação e a manutenção da Arena Castelão, por oito anos, pela empresa Arena Castelão Operadora de Estádio S/A que será responsável por cobrir todas as despesas com água, telefonia, esgoto e com pessoal de manutenção e conservação.

Em 22 de novembro de 2012, o consórcio responsável pelo estádio fechou uma parceria com concessionária de serviços de telecomunicações, a OI, para fornecimento de serviços de tecnologia da informação e Telecom. A empresa é responsável pelo fornecimento, instalação, automação, manutenção, conservação, atualização, modernização e suporte à operação de circuito fechado de TV, sonorização, sinalização digital, controle de acesso, WLAN ( redes locais cabeada e via wi-fi ) e telefonia no estádio da Copa em Fortaleza.

Ao todo, foram instalados 350 telefones IP, 240 câmeras, 144 catracas, 2000 pontos de acesso à rede LAN, 161 leitoras de cartão e 560 alto-falantes, entre outros itens, previstos em contrato, do qual só finaliza em 2018.

Castelão Fortaleza Eventos

O grande estádio é, ainda, palco de diversos shows artísticos. Um dos mais marcantes aconteceu em 10 de dezembro de 1996, quando Xuxa apresentou para um público infantil o álbum Tô de Bem com a Vida por quase duas horas. Em 22 de dezembro de 1995, o Estádio Castelão recebeu a banda Mamonas Assassinas, com todo o seu repertório irônico e cômico cantado para o público cearense. O sucesso da banda foi interrompido pouco mais de dois meses após a apresentação em Fortaleza, em um acidente aéreo.

Em 9 de dezembro de 2007, Castelão foi palco do Campeonato Mundial de MotoCross Freestyle. Mais de 700 toneladas de areia e rampas metálicas, com quase 6 metros de comprimento e 2,7 metros de altura foram utilizadas no evento.

A Arena Castelão recebeu, ainda, em 9 de maio de 2013, um dos shows da turnê mundial Out There de Paul McCartney. Aproximadamente 50 mil pessoas assistiram o show. Em 8 de setembro de 2013, recebeu show da Mrs. Carter Show World Tour, da cantora Beyoncé. Onde recebeu um público de aproximadamente 35.000.

Em 26 de fevereiro de 2014, recebeu show de Elton John com público estimado em 18.000 pessoas. Em 5 de Abril a Arena também recebeu o show do rei Roberto Carlos que cantou diante de 45.000 pessoas, A introdução dessa apresentação foi feita pelo humorista Tom Cavalcante.

No dia 6 de setembro de 2014, foi realizada a festa do Centenário das Assembleias de Deus no estado do Ceará, no Castelão em Fortaleza. Foram mais de 60 mil pessoas, prestigiando o evento, que foi marcado por apresentações musicais, por pregações e por outras apresentações artísticas que mostrou a história da Assembleia de Deus no estado.

No dia 5 de dezembro de 2015 foi realizado a quarta edição do Villa Mix Festival sendo realizado no estacionamento da Arena. Dia 8 de janeiro haverá o show da cantora Baiana Ivete Sangalo. E dia 24 de março recebera o show do Iron Maiden.